O que esperar de Mercúrio Retrógrado em Escorpião e outras reflexões…

Está a acabar a estação do signo de Balança. Uma balança pesa e mede e assim deveríamos fazer nós durante a sua regência. Procurar equilíbrio, procurar a medida certa, a medida justa, a harmonia, a verdade e a justiça. Depois do frenesim do Verão, chega o outono para nos acalmar e preparar para o frio do inverno. No Tarot, o signo de Balança é representado pela carta da Justiça, Arcano Maior nº 11, um dos números mestres. Este arcano quer ensinar-nos acerca da reconciliação de opostos, acerca da integração de experiências passadas e do conhecimento resultante de tais experiências para que consigamos caminhar para o novo ciclo anunciado pelo número 11.

É um caminho de responsabilidade pessoal pelo nosso equilíbrio, um caminho de verdade e honestidade, de avaliação e pensamento racional. Durante os meses regidos por este mestre podemos ser confrontados por desafios e testes à nossa capacidade de encontrar esse equilíbrio e harmonia mesmo no meio do caos, de injustiças, de mentiras, de enganos e desilusões. Balança é a rainha e senhora da casa 7 zodiacal, a casa do OUTRO, dos relacionamentos, das parcerias, uniões, casamentos, a tua identidade social, das alianças que forjamos com os outros.  Todos estes temas podem vir à tona na sua estação para serem trabalhados. Como não somos de todo seres equilibrados e harmoniosos (especialmente na era em que vivemos), quando chega esta estação o nosso equilíbrio interior (e consequentemente o exterior) é abalado, abanado e para muitos, destruído ou ameaçado para que possamos fazer o trabalho necessário para reestabelecer o equilíbrio e principalmente para nos preparar para a estação zodiacal que se segue: a estação de Escorpião.

Entramos num período de transformação, de finais para novos recomeços, de Morte e renascimento. Vem à tona a nossa essência dual (luz e sombra) simbolizadas pela dualidade do próprio símbolo escorpião/águia. No Tarot esta lição é representada pela carta da Morte.

Dependendo do nosso percurso e lições até aqui, estaremos agora mais (ou menos, dependendo do teu trabalho com o mestre do equilíbrio e da verdade) preparados para lidar com essas sombras e para trazê-las à luz da consciência, transformando-as em conhecimento e experiência de vida. Nesta estação podemos ser confrontados com depressões, angústias, medos exagerados, perdas dolorosas, inércia física e mental, traições, injustiças sociais, quezílias familiares, divórcio, segredos,vícios, obssessões, compulsões, sentimentos de raiva, vingança, e tudo o que possas associar ao nome SOMBRA.

Há simultaneamente um fim e um recomeço. Neste mês somos convidados a desprender-nos de tudo aquilo que já não tem mais espaço para crescer e florir na nossa vida, de tudo aquilo que não nos tem acrescentado nada, de tudo aquilo que enterrámos para o fundo do baú por medo de olhar de frente para aquilo não quisemos ver até agora. É agora que nos é permitido chorar, sofrer e sentir as feridas emocionais percebendo que tudo se transforma, até o sofrimento. Aprendemos o significado da dualidade do símbolo de escorpião: do rastejar ao voo da águia. Escorpião é o símbolo da regeneração por excelência, por isso se te entregares à sua energia e souberes trabalhar com ela, trabalhando as tuas sombras, as tuas obssessões e compulsões, os teus medos, sairás renovado e transformado, qual Fénix renascida das próprias cinzas. É a preparação para o mestre que se segue: a Temperança.

Esta estação está quase a chegar e traz com ela um hóspede que vai passar uma temporada connosco: MERCÙRIO RETROGRADO! No dia 31 de outubro (sim, no dia das BRUXAS), Mercúrio, o mensageiro dos deuses chega a nossa casa para assistir às celebrações da noite do Halloween. Com escorpião como anfitrião, vai querer mergulhar (escorpião, ao contrário do que muita gente pensa, é um signo de água, emotivo, sensível e altamente intuitivo) com ele nos lagos do subconsciente, nas profundezas da maré emocional , no desconhecido, no secreto, no proibido… Vai fazê-lo com o propósito de nos fazer REVER; REVISITAR E REFLETIR (os três “r” de RetRógRado) sobre os temas que mencionei acima.

Tecnologias que começam a falhar, trânsito exasperante, encomendas que não chegam ou se perdem, voos cancelados, mal entendidos aqui e acolá, segredos que vêm à tona, pessoas do passado que batem à porta, padrões de comportamento que voltam a aparecer, feridas mal cicatrizadas que começam a dar comichão e o MEDO, um medo profundo e quase inexplicável da Morte e da aniquilação. Para alegrar ainda mais a festa, dia 12 de Novembro a Lua fica “parideira”, enche-se como um balão em Touro (signo oposto de escorpião) trazendo à tona mais “m*rda” e “roupa suja” para ser lavada, transmutada e libertada…

Finalmente, dia 20 Mercúrio volta ao seu movimento direto e nós podemos finalmente respirar de novo, verificar as mossas que a sua visita deixou e começar a lamber e a curar as feridas.  Liberta e solta…sê verdadeiro e honesto, lida com a realidade e aceita que muitas vezes acontecem coisas más a pessoas boas e coisas boas a pessoas más…explora os teus sentidos, os teus instintos, as tuas reações viscerais às situações e analisa e estuda as causas das mesmas. Este não é um trânsito difícil, basta apenas saberes aguentar a respiração debaixo de água. “Shit happens” e SÓ temos que aprender a lidar com elas. Não adianta gritar, esbracejar, rogar pragas, correr atrás, partir tudo (embora às vezes nos seja permitido fazer todas essas coisas e ninguém nos deve julgar, a não ser…tu próprio!)…inspira, expira…inspira, expira…inspiraaaaa, (não pira), expiraaaaaaa e SABE que és feito de material resistente às intempéries.

 

P.S – Façam um pausa este mês! Evitem saídas com muita gente, muita energia misturada. Não é fácil separar as águas energéticas intensas de escorpião e da lunação da vossa própria energia e nestas trocas energéticas podem ficar cheios de detritos emocionais dos outros, achando que é bagagem vossa.

P.P.S – Mercúrio não é o único planeta retrógrado neste momento. Neptuno, Urano, nódo Sul e Quíron estão todos retrógrados. Mas escreverei (talvez…não sei) outro post acerca disso um dia destes.

 

Sharing is Caring
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Gostaste deste blog? Espalha a palavra:)